Desenvolvimento ocorre desde a concepção. Genética e questões culturais irão ditar a sua forma e o seu ritmo. Ambientes ricos em estímulos têm a capacidade de promover mudanças estruturais no cérebro, o que contribui para o desenvolvimento mais eficiente e saudável da criança. Dessa forma, o cérebro se adapta à experiência individual.

                A riqueza de estímulos não é traduzida pelo excesso deles. Estimulação rica é estimulação na quantidade e na qualidade certas. Existe uma sequência normal no aparecimento de aquisições relacionadas ao ritmo de maturação cerebral, que podem ser verificadas, caso a caso, pelos marcos do desenvolvimento.

                A sensação dos pais ao perceber no dia-a-dia a evolução do filho é indescritível. Por serem, normalmente, os mais próximos, são eles quem conseguem identificar com maior precisão como anda o desenvolvimento da criança.

                Apesar de o desenvolvimento se apresentar de forma global e sistêmica, ele será dividido aqui em três gurpos: motor, social e comunicação. O objetivo é auxiliar de forma didática os pais e os cuidadores a estimular corretamente da criança.

                Não deixe de conferir as sugestões de brincadeiras mês a mês! Sugerimos que você imprima e marque as aquisições do seu filho na medida em que forem surgindo. Esse material poderá lhe ajudar também durante a consulta com o pediatra.

IDADE

RECÉM NASCIDO

MOTOR

COMPORTAMENTO

COMUNICAÇÃO

Não sustenta a cabeça com o pescoço. A cabeça tende a cari para trás.

Está em constante aprendizagem

Comunica-se através do choro

Braços e pernas ficam quase o tempo todo dobrados.

Chora forte quando ouve barulhos intensos e repentinos.

Inicia uma comunicação não verbal, por exemplo com trocas de olhares com a mãe.

Mãos também ficam fechadas.

Após 15 dias já reage de maneira diferente às vozes dos pais comparo a de outras pessoas.

Fixam o olhar por pouco tempo preferencialmente em rostos a cerca de 25cm.

É capaz de enxergar figuras em preto e branco, mas preferem rostos humanos.

Tem o reflexo de sugar quando algo é colocado em sua boca.

Também apresenta outros reflexos como Moro, que muitas vezes é confundido com susto!

1º MÊS

MOTOR

COMPORTAMENTO

COMUNICAÇÃO

Movimenta braços e pernas de maneira incoordenada.

Em contato com muita luz, fecha os olhos.

Tranquiliza com a voz materna.

Alguns bebês são capazes de levantar a cabeça por alguns segundos.

Apresenta diferentes choros para cada situação (fome, frio, sono).

Vocaliza alguns sons quando estimulado.

Estende as perninhas quando colocado em pé.

Obs: evitar colocar a criança na vertical com os pés apoiados até os 9 meses

Fica calmo quando está no colo ou recebe carinho.

Segura tudo que é colocado em sua mão.

Começa a apresentar momentos de atenção.

2º MÊS

MOTOR

COMPORTAMENTO

COMUNICAÇÃO

O pescoço ainda pode não estar totalmente firme.

Gosta de rostos humanos.

Fala “a” e “u”

Abre as mãos com maior frequência.

Mostra-se mais interessado em alguns objetos do que em outros

Começa a seguir objetos próximos com os olhos.

Braços e pernas já não ficam tão fletidos.

É capaz de manter a cabeça em 45°

É hora de colocar o bebê de bruços para brincar com ele!

3º MÊS

MOTOR

COMPORTAMENTO

COMUNICAÇÃO

Sustenta a cabeça com o pescoço.

Eventualmente sorri e até pode dar alguma gargalhada.

Produz vogais abertas, como “aaaaah” ou “oooh

Começa a usar o antebraço para se apoiar quando colocado de barriga para baixo.

Muda quando ouve um tom de voz suave ou ríspido.

É capaz de simular um diálogo. Emitindo sons e aguardando em silêncio uma “resposta”

Usa as duas mãos para segurar objetos.

Começa a entender quando será amamentado.

Movimenta as mãos.

Espera sempre que as coisas aconteçam da mesma maneira. Sempre que empurra um brinquedo que faça barulho espera o mesmo resultado. Por exemplo: quando empurra uma carrinho e ele se desloca, espera o mesmo resultado ao fazer novamente.

4º MÊS

MOTOR

COMPORTAMENTO

COMUNICAÇÃO

Agora com controle total do pescoço, movimenta a cabeça olhando para ambos os lados.

Sorri frente a qualquer rosto.

Começa a emitir sons ou “AGU”, quando ouve seu nome.

Quando de bruços, levanta a cabeça por vários segundos e é capaz de elevar-se com apoio das mãos e dos braços.

Reconhece seu nome

 Imita alguns sons que escuta

É capaz de segurar um brinquedo.

5º MÊS

MOTOR

COMPORTAMENTO

COMUNICAÇÃO

Apóia as mãos quando sentado para não cair para frente.

Responde com sons ou gestos curtos quando falam com ele

Fala sílabas repetidas.

Quando colocado em pé, sustenta o seu corpo.

Começa a entender informações mais complexas e fixa a atenção por um tempo maior.

Gira a cabeça buscando sons.

Começa a usar alguns movimentos para chamar a atenção para si.

Toca  suas mãos e pés.

Começa a distinguir cores

6º MÊS

MOTOR

COMPORTAMENTO

COMUNICAÇÃO

Vira na direção de sons e vozes

Começa a entender expressões como tchau, vem, e upa

Relaciona-se com olhar e expressões faciais.

 Rola para frente e para trás usando os membros.

Brinca de esconde achou

Junta sílabas iguais como “ba e “da””

Usa as duas mãos para segurar objetos.

Gosta que eliam e mostrem figuras para eles.

 Tenta imitar a fala repetindo alguns sons.

Começa a trocar objetos de mãos.

Toca sua imagem no espelho

Começa a beber no copo.

Senta-se com apoio.

Entende quando cai algo.

A visão e coordenação dos olhos já estão bem desenvolvidas.

7º MÊS

MOTOR

COMPORTAMENTO

COMUNICAÇÃO

Senta sem apoios.

Mostra preferência por certos brinquedos.

Chama as pessoas de “mama” e “papa”

Puxa coisas em sua direção

Imita sons da fala

Quer explorar tudo a sua volta.

 Combina sílabas em sons que parecem palavras

8º MÊS

MOTOR

COMPORTAMENTO

COMUNICAÇÃO

Inicia o movimento de pinça com os dedos.

Arremessa objetos para ouvir o som.

Usa a fala para chamar atenção para si.

É capaz de transferir objetos entre as mãos com mais segurança.

A memória fica mais aguçada.

Começa a engatinhar

Começa a apontar para o que quer.

Começa a estranhar pessoas com as quais não convive.

9º MÊS

MOTOR

COMPORTAMENTO

COMUNICAÇÃO

Acha objetos cobertos com pano.

Criança começa a compreender o sentido do  “não”.

Junta sílabas que podem ao final parecer com algumas palavras.

Engatinha com mais segurança.

 Apresenta expectativas. Por exemplo, já começa a sorrir se perceber que você fará algum tipo de cócegas nele.

Começa a se dirigir à mãe por “mama” e ao pai por “papa”

Às vezes tenta ficar em pé.

 Faz gestos como “tchau” interagindo com outras pessoas.

Tem interesse na conversa com adultos

10º MÊS

MOTOR

COMPORTAMENTO

COMUNICAÇÃO

Busca seus brinquedos no lugar onde são guardados.

Imita gestos mais complexos dos adultos.

Presta muita atenção aos sons distintos.

Melhora o movimento de pinça com os dedos. é capaz de segurar objetos miúdos.

Mostra o que quer com o dedo.

 Grita mesmo antes do brinquedo que gosta começar a funcionar.

Senta-se por vontade própria.

Entende em cima e em baixo, aqui e ali.

 Dá alguns passos quando apoiado nos móveis.

11º MÊS

MOTOR

COMPORTAMENTO

COMUNICAÇÃO

É capaz de levar alimentos do prato até a boca com as mãos.

Chama atenção dos adultos, fazendo “gracinhas”

Sons cada vez mais apresentam entonações próprias.

Chuta bola se receber ajuda.

Brinca repetindo gestos

Alguns já usam sílabas para descrever objetos, como co para copo.

Observa objetos em diferentes ângulos.

Já sabe dizer sim em movimento da cabeça.

12º MÊS

MOTOR

COMPORTAMENTO

COMUNICAÇÃO

Caminha segurando a mão ou sozinho.

Copia atitudes e ações dos adultos e outras crianças.

Pronuncia duas ou três palavras com sentido.

Retira e coloca objetos nas caixas.

Oferece seus brinquedos

Reconhece palavras como símbolos de objetos

Rabisca papéis sem respeitar limites.

Compreendem ações simples, como “pegue a bola”, “dê um beijo”

 Compreendem ações simples, como “pegue a bola”, “dê um beijo”

Gosta de brinquedos de causa e efeito.

15º MÊS

MOTOR

COMPORTAMENTO

COMUNICAÇÃO

Sobe escadas engatinhando

Identifica animais nas figuras dos livros

Uma palavra pode representar uma expressão. Por exemplo “água” pode ser “quero água” ou “olhe a água”.

Coloca e tira objetos de caixas cada vez com mais precisão.

Entende o que é xixi e cocô

Capaz de comer na mesa com a família.

Vira páginas de livros e puxa  brinquedos

Ainda necessita de apoio para se levantar.

18º MÊS

MOTOR

COMPORTAMENTO

COMUNICAÇÃO

Levanta-se sozinho

Repete tarefas diárias da casa como varrer o chão.

Junta palavras para designar ideias “mama água”

Anda para trás, corre e tenta dar pequenos pulos.

É capaz de anunciar quando faz xixi ou cocô.

Abre um processo rápido de desenvolvimento da fala.

Constrói torres (3 cubos)

Quando não quer que peguem seue brinquedos, mantém junto de si.

 Usa um objeto para alcançar outro

Entende a diferença entre o “eu” e o “você”

21º MÊS

MOTOR

COMPORTAMENTO

COMUNICAÇÃO

Constrói torres (5 cubos)

Brinca com jogos de regras simples

Adora músicas! Pode até tentar cantá-las

Ajuda a trocar a roupa.

Realiza comandos como, “busque o carrinho e entregue para a mamãe”

 Chama a si próprio pelo nome

24º MÊS

MOTOR

COMPORTAMENTO

COMUNICAÇÃO

Sobe e desce escadas sozinho, apoiando-se no corrimão.

Consegue rodar tampas para abrir embalagens

Forma orações simples: “Mama, quero colo!

Constrói torres (7 cubos)

Realiza três comandos seguidos como ” sente-se, pegue a boneca e coloque no carrinho”

Desenha com mais precisão. Por exemplo, faz círculos.

Brinca com bola usando pés e mãos.

Andando, consegue parar de repente. Pula.